22
set
2017
5

RELAÇÃO CINTURA-QUADRIL NAS MULHERES: saúde, atração física e fitness

0,7 = número mágico da mulher saudável e gostosa!

As mulheres mais atraentes tendem a apresentar uma relação cintura/quadril (RCQ) de ~0,7 [1].Então para uma mulher com 100 cm de quadril deveria ter 70 cm de cintura para se encaixar nesse padrão (RCQ = 70/100 = 0,7) [2].

O mais interessante é que mulheres que apresentam essa relação também tendem a ter menores riscos de doenças cardiovasculares e morte prematura, ou seja, são mais saudáveis, em relação a mulheres que tem uma relação cintura quadril acima desse valor. Isso acontece porque mulheres com RCQ acima de 0,7 tendem a apresentar maior gordura na região do tronco (abdominal). Isso não é válido para mulheres magras com pouco quadril [2], exceto pela atração física, onde a RCQ de 0,7 continua válida.

O padrão do corpo feminino em forma de pera é decorrente da maior presença de receptores de estrogênio na região do glúteo e das coxas, assim como maior presença de receptores alfa-adrenérgicos (anti-lipolíticos) em relação a receptores beta-adrenérgicos (lipolíticos), o que favorece maior acúmulo de gordura nessa região. Lyle McDonald fala que em membros inferiores de mulheres foram encontrados para ter cerca de nove vezes mais receptores alfa-2 em relação a receptores beta-2 [3]. Isso significa menor queima de gordura para as mulheres nos membros inferiores. Receptores alfa e beta adrenérgicos são receptores das catecolaminas (adrenalina e noradrenalina), hormônios que quando se ligam a esses receptores levam a um aumento (beta 2 adrenérgicos) ou redução (alfa 2 adrenérgicos) da lipólise (quebra da gordura em ácidos graxos para posterior oxidação na mitocôndria).

A ideia básica para uma mulher manter sua relação quadril em ~0,7 é reduzir sua gordura abdominal e dos membros inferiores, enquanto aumenta a massa muscular dos membros inferiores. Estudos mostram que que mulheres treinadas (endurance) apresentaram aumento da sensibilidade do tecido adiposo abdominal subcutâneo a ação lipolítica de catecolaminas; este efeito parece estar relacionado tanto com uma diminuição da eficiência da via alfa-2 adrenérgica e de um aumento da eficácia da via beta-adrenérgica [4]. O treino de hipertrofia por outro lado vai estimular o ganho de massa muscular nos membros inferiores, que além de melhorar as proporções do corpo, também levará a adaptações metabólicas e hormonais, elevando testosterona e GH, e aumentando a sensibilidade à insulina.

Claro que as coisas não são tão simples, uma vez que a genética determina com que facilidade uma mulher ganha massa muscular e perde gordura, e também como ela tem a gordura distribuída pelo corpo. Lembrando que o uso do anticoncepcional não só dificulta o ganho de massa muscular por suprimir a testosterona [5], mas maiores níveis de estrogênio também são responsáveis por induzir um aumento na atividade dos receptores alfa 2 adrenérgicos (anti-lipolíticos [6].

Que fique claro que estamos falando apenas de atração física aqui, aquilo que nós sentimos principalmente num primeiro momento de contato visual. Um homem pode se sentir atraído por mulheres que tenham uma RCQ bem distante de 0,7, mas é claro que as que tiverem um RCQ de ~0,7 terão maior tendência de serem atraentes (e isso independente do tamanho dos seios) [1]. Além do que 0,7 também tende a expressar mais saúde e maior expectativa de vida (se você não abusa de drogas para atingir isso).

abraços, dudu haluch

[1] Eye-tracking of men’s preferences for waist-to-hip ratio and breast size of women.
Dixson BJ, Grimshaw GM, Linklater WL, Dixson AF.

Adaptive significance of female physical attractiveness: role of waist-to-hip ratio.
Singh D.

Assessment of Waist-to-Hip Ratio Attractiveness in Women: An Anthropometric Analysis of Digital Silhouettes
Krzysztof Kościński

The shape of beauty: determinants of female physical attractiveness.
Fisher ML, Voracek M.

[2] Avaliação Física para treinamento personalizado, academias e esportes. Alexandre Correia Rocha & Dilmar Pinto Guedes Júnior.

[3] Why is Stubborn Fat Stubborn? Lyle McDonald

[4] Lipolytic response of fat cells to catecholamines in sedentary and exercise-trained women. Riviere D et al.

[5] MULHERES: MASSA MUSCULAR e HORMÔNIOS (DUDU)
The effect of combined oral contraception on testosterone levels in healthy women: a systematic review and meta-analysis.
Y. Zimmerman et al.

[6] Topical fat reduction.
Greenway FL, Bray GA, Heber D.

RELAÇÃO CINTURA-QUADRIL NAS MULHERES: saúde, atração física e fitness

Deixar um Comentário