23
jul
2018
6

Potencial genético e era pré-esteroides

Quando se fala em LIMITE NATURAL e POTENCIAL GENÉTICO os fisiculturistas da era pré-esteroides são bons exemplos do que alguém poderia almejar sem uso de hormônios (com boa genética obviamente). LEO ROBERT (foto instagram) venceu o Mister Universo NABBA em 1955 e ainda está vivo com 97 anos. Muito provavelmente venceu sem uso de esteroides anabolizantes, já que o primeiro contato dos fisiculturistas com esteroides tinha acontecido no ano anterior. John Grimek, Jim Park e Yaz Kuzahara testaram testosterona sob a supervisão do médico John Ziegler em 1954.

A maior parte dos fisiculturistas de elite ainda não estava utilizando esteroides até meados da década de 50. No final dos anos 50 e na década de 60 as coisas mudaram pois boa parte dos esteroides anabolizantes já estavam disponíveis, principalmente Dianabol (1958), Deca (1962), estanozolol (Winstrol, 1962), oxandrolona (Anavar, 1964) etc. Observe a falta de maturidade muscular nos quadríceps dos atletas da era pré-esteroides. Isso acontece porque temos mais receptores androgênicos na região do tronco , então é mais difícil um fisiculturista natural ter uma definição muscular mais aparente nos membros inferiores.

Eles também optaram por competir com percentual de gordura maior do que nos dias de hoje, pois atingir um percentual de gordura (BF – body fat) muito baixo exige um maior sacrifício da massa muscular. Catabolizamos mais com BF mais baixo e por isso esteroides anabolizantes permitem atingir um BF baixo com um grande volume muscular.

Dudu Haluch

Leia mais

1 Comentário

Deixar um Comentário