20
fev
2018
14

Perdas duras que mutilam o coração

Se eu me dou tão bem com a minha solidão é por convicção que ainda sou minha melhor companhia. Nem por isso deixo de cultivar amizades, embora eu sempre faça isso com muita seleção. Uma grande amizade, um grande amor, para mim envolve depositar muito da minha energia mental, compartilhar bons sentimentos e também frustrações, sofrimentos. Mas para os homens que agem assim, essa entrega de energias é mútua, sem esperar nada em troca, porque a afinidade e o carinho um pelo outro falam por si no momento. Quando fazemos isso muitas vezes nos esquecemos dos riscos envolvidos nessa grande aposta do amor. Porque quando essa amizade ou esse amor – que foram tão intensamente cultivados – acabam, é como se perdêssemos uma parte de nós. Sou um homem que entende a necessidade do sofrimento, que aceita o destino de perder amigos e amores. Há perdas duras que seguem o simples andamento da vida e há aquelas que te mutilam o coração, o fim do amor e da amizade por uma traição.

Dudu Haluch

Leia mais

2 Comentários

  1. Karina

    Esse texto caiu como uma luva para esse momento.
    É muito doloroso quando a gente aposta num amor e por fim quebra a cara.
    A gente sempre acha que vai ser forte, mas sempre nos enganamos.

Deixar um Comentário