25
ago
2017
13

MULHERES: menos hormônio, mais dedicação

A maioria das mulheres ainda acredita que um corpo bonito estilo garota wellness/panicat depende de dose ou combinação de hormônios. O que não pode ser verdade, pois isso claramente leva a um risco muito maior de virilização, masculinização do corpo e outros colaterais que prejudicam a estética (acne, queda de cabelo, crescimento dos pelos), o que é totalmente indesejável.

Um corpo bonito depende acima de tudo de dedicação, genética, conhecimento e tempo de treino. Sim, tempo de treino envolve ter paciência e consistência, disciplina, por meses, anos, então não adianta esperar resultados milagrosos gastando dinheiro em balonies e se entupindo de esteroides. As adaptações metabólicas e hormonais geradas pelo treinamento e dieta precisam de tempo para resultarem numa melhora consistente do físico, ainda mais que mulheres produzem 10x menos testosterona que os homens, mas em compensação, não precisam de tanto volume muscular.

Claro que o físico que você deseja depende muito do seu potencial genético e seu shape atual, metabolismo. Para algumas mulheres pode levar 2 anos, outras 5-7 anos (o que eu chamo de abismo metabólico), isso se o objetivo for coerente com sua dedicação e limite genético. Você só pode se tornar aquilo que sua genética permitir, e claro que uma pessoa leiga não consegue visualizar isso.

A maioria das grandes atletas wellness que conheço usam doses de oxan/stano (boldenona também é muito usada) na faixa de ~20mg dia (doses pouco maiores ou menores de acordo com resposta genética e colaterais), algumas combinam com GH, média de 2UI dia. Em contraste, as meninas desesperadas por um corpo desses usam doses muito maiores, porque não possuem o que é essencial no nosso esporte, paciência, consistência, disciplina. Aqui não tem nada de dizer que bodybuildiing é abuso de hormônios, não faz nenhum sentido, e sim um conjunto, onde todas as variáveis tem uma importância semelhante. Até mesmo, porque o treinamento tem que ser pensado para construir um físico proporcional, harmônico, e algumas mulheres quando tomam hormônios acabam hipertrofiando de forma desproporcional músculos do tronco. Não preciso nem falar da importância da dieta, que deve ser trabalhada de acordo com o metabolismo de cada mulher. Algumas mulheres com síndrome de ovários policísticos ou com set poin de BF alto (percentual de gordura maior por influência da genética) possuem naturalmente maior resistência à insulina, um grau maior de intolerância à carboidratos, muito mais dificuldade para secar.

Vocês nunca conquistarão o shape dos seus sonhos procurando droga ou qualquer merda pra secar/crescer, porque o essencial para construir isso vocês não tem.

abraços, Dudu Haluch

Publicação Original: duduhaluch.com.br/mulheres-menos-hormonio-mais-dedicacao/

Leia mais

Deixar um Comentário