28
dez
2017
7

MULHERES ESCLARECENDO: anticoncepcional, esteroides, ciclos, colaterais

MULHERES PRESTEM ATENÇÃO:

– a testosterona é o principal hormônio anabólico, e nas mulheres esse hormônio é produzido pelas glândulas supra-renais e ovários, porém em menores quantidades 0,25 a 1mg/dia, uma quantidade cerca de 10 a 20x menor que nos homens. Essa é a principal razão da dificuldade das mulheres em ganhar massa muscular, portanto o medo de algumas mulheres de ficar grande com o treinamento de força é totalmente infundado sem o uso de esteroides androgênicos;

– diria que a média de ganhos de massa muscular para uma mulher com boa genética, que sabe treinar e segue uma boa dieta seria:
1º ano de treino ~4-5kg de massa muscular,
2º ano de treino ~3kg de massa muscular,
3º ano de treino ~2kg de massa muscular,
4º ano de treino ~1kg de massa muscular,
uma média de ~10kg de massa muscular (não apenas peso bruto) em 4-5 anos de treino com tudo bem feito. Pode ser bem variável isso, mas está em acordo com muitas mulheres que tem muitos anos de treino. Evolução do físico leva muitos anos de forma natural, e mesmo com hormônios não é tão simples quando dieta e treino não são bem feitos. Quanto mais tempo de treino e melhor seu físico, mais difícil se torna evoluir, porque você tende a se aproximar do limite natural;

– o uso do anticoncepcional diminui de forma bastante agressiva os níveis de testosterona total e livre, o que tende a limitar fortemente o ganho de massa muscular;

– o padrão do corpo feminino em forma de pera é decorrente da maior presença de receptores de estrogênio na região do glúteo e das coxas, assim como maior presença de receptores alfa-adrenérgicos (anti-lipolíticos) em relação a receptores beta-adrenérgicos (lipolíticos), o que favorece maior acúmulo de gordura nessa região. Membros inferiores de mulheres foram encontrados para ter cerca de nove vezes mais receptores alfa-2 em relação a receptores beta-2. Isso significa menor queima de gordura para as mulheres nos membros inferiores. Receptores alfa e beta adrenérgicos são receptores das catecolaminas (adrenalina e noradrenalina), hormônios que quando se ligam a esses receptores levam a um aumento (beta 2 adrenérgicos) ou redução (alfa 2 adrenérgicos) da lipólise (quebra da gordura em ácidos graxos para posterior oxidação na mitocôndria);

– o uso do anticoncepcional tende a aumentar a concentração desses receptores alfa-adrenérgicos (alfa-2 principalmente), presentes principalmente no glúteo e nas coxas das mulheres, dificultando muito a perda de gordura nessas regiões;

– por reduzir a testosterona a aumentar a concentração de receptores alfa-2 adrenérgicos, o anticoncepcional claramente cria um ambiente hormonal totalmente desfavorável para uma mudança favorável na composição corporal, já que dificulta o ganho de massa muscular e queima de gordura;

– as doses mais eficazes de esteroides androgênicos para as mulheres visando ganho de massa muscular giram em torno de ~20mg dia (oxandrolona, stanozolol, primobolan, etc, doses comuns em categorias Wellness), o que equivale a cerca de ~140mg de androgênios por semana (claro que ocorre alguma perda devido à metabolização). Considerando que as mulheres produzem ~4-7mg de testosterona semana, temos níveis de androgênios ~20x maiores para gerar bons ganhos de massa muscular num curto espaço de tempo;

– as consequências são óbvias, doses maiores oferecem um potencial maior risco de virilização e masculinização. Hipertrofia do clitóris, perda dos seios, queda de cabelo, engrossamento da voz, hirsutismo, acne, são colaterais comuns quando se passa essa faixa de maior segurança. Doses maiores oferecem maior ganho de massa muscular, mas também potencializam colaterais;

– mesma coisa que vale para os homens, vale para as mulheres, você não consegue manter após um ciclo os ganhos que teve durante o ciclo, pois a concentração de hormônios durante o ciclo é muito acima do que o seu corpo produz naturalmente (10-20x mais androgênio). Isso provoca um crash hormonal pós ciclo, de modo que boa parte, se não todos os ganhos serão perdidos, então não adianta se iludir com o uso temporário de esteroides;

– as atletas e modelos fitness que atingem físicos invejáveis em geral possuem genética muito acima da média (maior sensibilidade à insulina e à androgênios), e/ou fazem uso mais frequente de hormônios (mas não em doses altas como muitos podem pensar). É frequente o uso de GH, principalmente em fase em que se interrompe o uso de esteroides. Essas mulheres sabem que o abuso agrava a virilização e muitas delas já possuem alguns traços virilizantes;

– dedicação, paciência e conhecimento são as únicas formas de construir um físico bonito quando seu potencial genético é mais limitado. Mas a maioria das pessoas tem condições de conquistar isso com essas três qualidades, com genética mediana. O difícil mesmo é ter conhecimento, paciência e disciplina, por isso meninas a quase totalidade de vocês continuará apenas admirando o shape dos sonhos das suas musas do fitness. Genética top e espírito de bodybuilder são pra poucos, mas você tem a chance de tentar.

abraços, dudu haluch

 

Post Original: http://www.duduhaluch.com.br/mulheres-esclarecendo-anticoncepcional-esteroides-ciclos-colaterais/

Leia mais

2 Comentários

  1. Geovana

    Dudu, eu tenho endometriose e faço uso de dienogeste (Allurene) desde a minha segunda cirurgia em 2014. Meu personal vive pedindo pra eu parar de tomar porque atrapalha minha performance, mas eu não posso menstruar. Faço acompanhamento nutricional, meu percentual de gordura gira em torno de 13 a 15%, mas tenho muita dificuldade em ganhar massa e mantê-la. Faço atividade física de 6 a 7x por semana (4 musculação e 2-3 aeróbico). Soube do implante de gestrinona, que é padrão ouro para o tratamento da endometriose e resolvi colocá-lo com um médico (gineco/endócrino) aqui em BH. Ele me disse que além de tratar a endometriose terei como “plus” a melhora da performance, pois a gestrinona aumenta a testosterona livre, ao contrário dos ACO comuns. Minha consulta para implantação será semana que vem e estou animada. O que você acha desses implantes e o que sabe sobre eles? A gestrinona realmente ajuda na melhora da composição corporal (massa gorda x massa magra)?

  2. wesley

    Dudu, o usar oxandrolona em mulheres que usam anticoncepcionais a base de levonorgestrel e etinilestradiol, podem trazer uma desregulação na eficacia da droga regulatória ou mesmo algum efeito colateral mais severo?

Deixar um Comentário