18
set
2017
6

Eficiência do uso da insulina no bodybuilding

Vejo muita gente usando insulina hoje, quase sempre desnecessariamente, e muitas vezes trazendo prejuízos ao físico, com o mínimo de benefício. A verdade é que a insulina só se mostra realmente eficiente para ganho de massa muscular em altas doses, de preferência em combinação com GH e esteroides logicamente.

Estudos mostram que baixas doses de insulina não são eficientes para aumentar síntese proteica. Além do que, ao usar insulina exógena em low doses (10-20UI) você está muitas vezes apenas substituindo sua demanda fisiológica. Além do mais, ao aumentar a quantidade de comida (grande superávit calórico) para compensar um maior uso de insulina acabará favorecendo o ganho de gordura (estimulando enzimas lipogênicas e a síntese de lipídios). A insulina também inibe fortemente a lipólise, então quando não existe uma contrapartida de aumento da taxa metabólica e aumento do uso de hormônios lipolíticos como GH, o ganho de gordura poderá ser muito mais favorecido que o ganho de massa muscular. Claro que estou sempre considerando o uso de esteroides androgênicos, já que o uso de insulina isoladamente seria estúpido demais pra discutir aqui. Outra coisa, é que um aumento dos níveis de insulina também leva a uma diminuição dos seus receptores e também a uma competição pelos receptores de IGF-1. Se você tem altos níveis de insulina é também extremamente importante aumentar a sensibilidade à insulina.

Tudo indica que o abuso de insulina só se tornou comum no início dos anos 90, justamente porque bodybuilders passaram a abusar também de GH e outras drogas termogênicas. Foi assim que eles perceberam que apenas doses elevadas de insulina eram efetivas para aumentar o volume muscular, e em sinergia com GH e esteroides. O que posso dizer é que não vejo nenhum sentido em atletas mais leves estarem abusando de insulina, principalmente se não fazem uso de GH. O uso de insulina ao meu ver só faz sentido para uma minoria de atletas, e isso pode ser visto na prática, um monte de gente usando insulina com um físico muito inferior a atletas dos anos 70-80, que nem faziam uso desse hormônio. Posso dizer também que os atletas de maior potencial genético possuem maior sensibilidade à insulina e aos esteroides androgênicos, e atingem grandes volumes de massa muscular sem necessidade do uso da mesma, mas os menos favorecidos não terão grandes benefícios se não tiverem paciência e um ambiente hormonal apropriado. De qualquer forma, não acho eficaz para um atleta abaixo de 90-100 kg seco (para uma altura padrão de ~1,75m) fazer uso de insulina, pelo menos na maioria dos casos. E aqueles que optarem por abusar nessa faixa peso provavelmente não irão muito longe no bodybuilding, provavelmente por possuírem um potencial genético limitado.

abraços, Dudu Haluch

Eficiência do uso da insulina no bodybuilding

Deixar um Comentário