9
ago
2014
15

BULK e CUTTING: vias de sinalização intracelular (mTOR e AMPK) (DUDU)

Durante o BULK a principal via intracelular ativada é a Akt/mTOR, responsável pela hipertrofia do músculo esquelético. O aumento das quantidades de carboidratos em conjunto com o treinamento resistido estimulam os principais hormônios anabólicos, insulina, testosterona, GH/IGF-1, que na célula muscular serão responsáveis pelo aumento da síntese de proteínas através da sinalização via Akt/mTOR. Claro que o aumento dos hormônios anabólicos em conjunto com o aumento dos estoques energéticos serão responsáveis também pela maior síntese de glicogênio e ácidos graxos (ganho de gordura), principalmente se o superávit calórico for muito elevado, e também pelos níveis elevados de insulina. Já é bem conhecido que durante o treinamento aeróbico a principal via intracelular ativada é a AMPK, responsável pelo aumento do transporte de glicose para o interior da célula e pelo aumento da oxidação de ácidos graxos (queima de gordura), estimulando vias de sinalização que também estimulam a biogênese mitocondrial (aumento do volume e número de mitocôndrias, responsáveis pela maior oxidação de gordura). Além disso, AMPK é responsável pela inibição da via da mTOR (e consequentemente inibição da síntese de proteínas) e tem sua expressão aumentada quando o estoque energético é baixo (baixo estoque de glicogênio), como em uma dieta CUTT/Contest. Durante o CUTT além do aumento da expressão da AMPK, a redução dos carboidratos da dieta diminui a insulina, o que favorece a lipólise (queima de gordura) pelo maior estímulo dos hormônios lipolíticos e catabólicos, glucagon, cortisol, GH (anabólico para as proteínas), catecolaminas (estimuladas principalmente pela atividade física). Por esse motivo é extremamente complicado ganhar massa muscular e perder gordura ao mesmo tempo, porque para conquistar ambos é preciso escolher a otimização de uma via, minimizando os efeitos desfavoráveis da outra. Os esteroides androgênicos podem potencializar o processo porque estimulam fortemente a via da Akt/mTOR (favorecendo síntese sobre degradação proteica), mesmo assim não tornam o objetivo de ganhar massa muscular e queimar gordura ao mesmo tempo a melhor escolha em geral, porque os ajustes de treinamento e dieta são fundamentais para otimizar o processo, e dependendo do objetivo que você quer e o tempo que tem, isso é inviável e pouco eficiente.

abraços, dudu haluch

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.