24
jan
2014
2

Bodybuilding nos anos 70

O treino era volumoso (2-3h por dia), a dieta rica em carne vermelha, arroz e feijão, frango, peixe , carne, lentilhas, legumes, leite e frutas. Suplementos tinham pouca importância, alguns pós de proteína com sabor horrível (proteína do leite, do ovo e da soja), fígado dissecado, vitaminas e minerais. Os ciclos eram básicos, o tradicional deca, dianabol era a base da maior parte dos bodybuilders, e em contest muitos adicionavam primobolan, stanozolol, oxandrolona. O GH não era uma droga tão difundida, ou mesmo abusada nessa época, era tirado da hipófise de cadáveres e só se tornou popular no bodybuilding nos anos 80. Tudo indica que insulina ainda não era de uso nessa época, nem anti-estrogênicos, por isso testosterona tinha seu uso limitado. É possível que bodybuilder ficassem OFF dos hormônios alguma parte do tempo, principalmente após as competições, e adicionavam produtos conforme sentiam o shape piorar, ou durante uma preparação. Essa foi a época dos verdadeiros bodybuilders, hormônios eram fundamentais, mas o treinamento duro e a dieta foram a base de tudo. Eles cresciam com o básico, sem inventar moda, disciplina e consistência eram a essência do fisiculturismo. Foi essa a época de Arnold, Nubret (foto), Columbu, Oliva, Dave Draper, Frank Zane, Lou Ferrigno, entre outros, bons tempos.

 

dudu haluch

Leia mais

1 Comentário

  1. Arthur Gomes

    Hoje o fisiculturismo virou um esporte onde a genetica que tem menos efeito colateral geralmente se vence pois pode ter um abuso maior das drogas…

Deixar um Comentário