Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/9/4c/8f/tamujunto1/public_html/http-host-dudu/wp-content/themes/simplearticle-v1-00/include/gdlr-admin-option.php on line 10

Warning: A non-numeric value encountered in /home/storage/9/4c/8f/tamujunto1/public_html/http-host-dudu/wp-content/themes/simplearticle-v1-00/include/gdlr-admin-option.php on line 10
Dudu Haluch – Dieta, treino, suplementação e hormônios BALANÇO NITROGENADO E CONSUMO DE PROTEÍNAS - Dudu Haluch - Dieta, treino, suplementação e hormônios
24
dez
2018
3

BALANÇO NITROGENADO E CONSUMO DE PROTEÍNAS

BALANÇO NITROGENADO E CONSUMO DE PROTEÍNAS

Quando um indivíduo ganha massa muscular diz-se que ele está em BALANÇO NITROGENADO (BN) POSITIVO. Balanço nitrogenado positivo significa que a síntese de proteínas é maior que a degradação de proteínas (SP > DP), enquanto em BN negativo temos DP > SP.

Uma criança em fase de crescimento também está em BN positivo. Nessa situação o seu corpo retém mais a proteína do que você consome e isso diminui a excreção de nitrogênio pela urina, ou seja, seu organismo retém mais nitrogênio, seja porque a síntese proteica foi aumentada, seja porque a degradação proteica foi reduzida.

Uma dieta hipercalórica e high carb diminui a degradação proteica, enquanto uma dieta hipocalórica e low carb aumenta a degradação proteica (maior catabolismo). Nasser El Sombaty dizia que consumia apenas 100g de proteínas na fase de off season, em uma dieta com 80% de carboidratos. Já em pré-contest dizia consumir 400-600g de proteínas e apenas 80-250 g de carboidratos, sabiamente nesse caso. Para um cara de 120-130kg 100g de proteínas é muito pouco, apesar dos esteroides favorecerem um “maior aproveitamento das proteínas”, aumentando síntese proteica e reduzindo degradação proteica. Considerando que a síntese proteica é aumentada com o treinamento resistido e mais ainda com o uso de esteroides, seria mais prudente um consumo de algo entre 2 a 3 g/kg. Seria estranho Nasser mentir a esse respeito, até porque outros fisiculturistas, como Mentzer e Tom Platz também relatavam consumir menos proteína que a grande maioria dos fisiculturistas.

É possível ter um BN positivo mesmo consumindo pouca proteína (como 0,8 – 1,0 g/kg), mas obviamente essa não parece ser a estratégia mais eficiente considerando os estudos e os aspectos fisiológicos. Pode ser que Nasser estivesse subestimando seu consumo de proteínas (contando apenas as fontes de proteína animal provavelmente), mas é pouco provável que ele passasse de 150-200g de proteínas por dia em off season. Fisiculturistas geralmente ingerem mais de 3g/kg de proteínas mesmo em off, mas é bom ver o outro extremo, um atleta de alto nível ingerindo muito menos em off. Para um indivíduo natural que treina musculação a recomendação é ~2,0 g/kg e para hormonizados é de se esperar valores maiores, mas pouco provável algo como 4-5g/kg, justamente pelos esteroides também reduzirem a degradação proteica, além de aumentar a síntese.

abraços, Dudu Haluch

Leia mais

Deixar um Comentário